Anízio Vianna é de Belo Horizonte, Minas Gerais. Poeta, letrista e professor. Sua vida sempre girou em torno da arte e da educação. Graduado em língua portuguesa, espanhola e suas literaturas, o universo imagético oriundo da cultura hispano-americana faz parte de suas criações literárias. Criou o blog Escrevo ao Vivo em 2005 para publicar poemas baseados em notícias veiculadas nos meios de comunicação.

Autor bilíngue, em 2020 publicou ”Maqueta”, interpretada pela cantautora catalana Clàudia Cabero https://song.link/cdmmqrn5dfhvs. Participou das antologías “O Melhor da Poesia brasileira, Minas Gerais” (2002), “Literatura e Afrodescendência no Brasil: antologia crítica — volume 3 — contemporaneidade” (2011), “Suplemento Literário de Minas Gerais n.º 1.344” (2012), “Uma Cidade se Inventa: Belo Horizonte na Visão de Seus Escritores” (org. Fabrício Marques, 2015), Revista Diversos no 28 (Portugal, 2020). Publicou “Dublê de Anjo” (1996), “Itinerário do Amor Urbano” (1998), “Desalarmes, escritos de paz” (2005), “Do Amor como Ilícito” (2011), “Escrevo ao Vivo” (2016).

Compôs letras para os seguintes trabalhos: Óvni-Estrela, banda Chicória (2002), Travessia de Cegos, Roger Bastos (2009).